Banda do Instituto Federal em Santos Dumont se classifica para competição nacional de fanfarras

Implementado neste ano no Campus Santos Dumont do Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais (IF Sudeste MG), o projeto de extensão Fanif já traz resultados expressivos. Ele viabilizou uma parceria, envolvendo diversas instituições, que colocou Santos Dumont em destaque no âmbito das fanfarras. Em 21 de outubro, o grupo ganhou diversos prêmios no II Campeonato Estadual de Fanfarras e Bandas, realizado no município mineiro de Além Paraíba, e se classificou para a competição nacional do segmento.

Já tradicional em Santos Dumont, a banda Falcões se uniu ao Instituto Federal em 2018 a partir do projeto. Em virtude de convênio com a Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social e Combate às Drogas, a ação inclui também jovens atendidos pelo Centro de Referência de Assistência Social (Cras) em Santos Dumont. Além destes e de integrantes da formação original do grupo Falcões, 11 estudantes da unidade do IF Sudeste MG participaram do campeonato, que rendeu à Fanif uma série de troféus.


Na categoria Banda de Tambores com Instrumentos Melódicos Sênior, a Fanif conquistou o primeiro lugar em Pavilhão Nobre, Corpo Musical e Corpo Coreógrafo, além de três premiações individuais. O índice obtido, de 92 pontos, qualificou o grupo desta modalidade para o XXV Campeonato Nacional de Bandas e Fanfarras, que será realizado em 24 e 25 de novembro no Recife, capital de Pernambuco. Em Banda Musical de Marcha, a Fanif ainda levou três prêmios individuais.

A banda já havia obtido grande destaque em torneios realizados nas cidades fluminenses de Resende e Magé. O regente da Banda de Tambores com Instrumentos Melódicos Sênior, Paulo Henrique de Oliveira, conduz desde junho deste ano dois ensaios semanais dedicados a alunos do IF e jovens atendidos pelo Cras. Acompanhado pelo regente da Banda Musical de Marcha, Ederson Barbosa, e pelo regente-mor, Michel Douglas, Paulo Henrique esteve no Campus Santos Dumont na última quarta-feira para conversar sobre os resultados obtidos com o coordenador do projeto no IF, Leonardo Jardel, e o diretor de Extensão, Pesquisa e Inovação, Márcio Delgado (foto).

Relevância da fanfarra para o Instituto Federal
“Participar da fanfarra me distrai bastante”, comentou a aluna Maria Vitória Esteves, do 1º ano do curso técnico em Eletrotécnica integrado ao Ensino Médio do IF, “e me deixa bastante feliz. Acaba me ajudando com as atividades na escola. É também uma oportunidade de conhecer estilos de música diferentes e trazer mais pessoas para fazer algo que é produtivo. Ficamos muito felizes quando atingimos a média, conquistamos os prêmios e nos classificamos para os concursos”. Maria Vitória participou da competição em Além Paraíba, em 21 de outubro.

Para o diretor-geral do Campus Santos Dumont, professor André Diniz, o sucesso imediato da Fanif é motivo de grande satisfação. “Queremos que, neste projeto, a escola se relacione com a comunidade. Demos muita sorte por ter o Leonardo (Jardel), que já tem um envolvimento com a fanfarra da cidade, e também por contar com pessoas dispostas a fazer essa parceria conosco. Aqui, a gente também visa à formação musical do aluno. É um projeto que nos deixa com muitas expectativas”, afirmou.

“A cultura está envolvida na formação do jovem com muita intensidade”, acrescentou o professor, “e a arte é o que chega primeiro, que vem anunciar a alegria, as coisas boas, mas também os problemas. A fanfarra é o que mais consegue chegar à realidade de periferia, do jovem que precisa de uma alternativa para entender a vida de forma diferente”.

O coordenador da Fanif, Leonardo Jardel, destacou ainda que a iniciativa recupera uma tradição muito marcante do ensino profissional em Santos Dumont. “O projeto surgiu da necessidade de se desenvolver uma iniciativa cultural no IF, a partir de uma parceria com a Prefeitura, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social e Combate às Drogas. Resgatamos esse histórico que já vem da antiga Escola Profissional, cuja banda todo mundo parava para ver. Estamos participando de competições e de outros eventos. Já no desfile do Dia da Independência, em 7 de setembro, tocamos para quase todas as escolas do município, e também para boa parte delas no desfile do Dia Nacional do Aviador, em 23 de outubro”, concluiu.

Assessoria de Comunicação
Campus Santos Dumont do IF Sudeste MG