Bolsonaro e Haddad polarizam 2º turno

Não bastou o 1º turno para o país chegar à tão desejada união após a eleição. O país está mais dividido do que nunca, com o eleitor no centro das disputas que está polarizada entre a esquerda e a direita.

No domingo, dia 07, muitos dos brasileiros escolheram os seus candidatos ao 2º turno, sendo escolhidos para a disputa em 2º turno o capitão reformado do Exército Jair Bolsonaro (PSL), que obteve 48.276.897 (46,03%) dos votos válidos e Fernando Haddad (PT), com 31.341.997 (26,28%).

Os candidatos derrotados no último pleito foram:

O atual momento político do país demonstra que durante a semana aconteceram negociações de bastidores entre partidos, uns se alinhando à esquerda e outros estão caminhando para a área de influência da direita. O sentimento geral da população é por mudanças, e no dia 28 todos escolherão os novos rumos do país.