CCEP busca melhorias na execução penal na Comarca

Ao acompanhar a forma que é realizada a execução penal na cidade, a nova diretoria do Conselho da Comunidade para Execução Penal, exercício 2018/2020, procurou o juiz responsável pela Comarca, Dr. Marcelo Alexandre do Valle Thomás, oportunidade em que lhe deram ciência dos projetos de trabalho da entidade.

Após a eleição a nova diretoria, presidida por Clésio de Oliveira Santos, juntamente com os diretores Antônio Sobrinho Fernandes, Gilberto Freire, Inácio de Souza e Márcio Dias, foram recebidos por Dr. Marcelo em seu gabinete no Fórum Desembargador Paulo Mota.

O Conselho da Comunidade informou ao juiz que estão próximos de adquirir um imóvel no Centro da cidade e reformá-lo. O objetivo deste imóvel seria receber os presos em regime semi-aberto, retirando um grande número de detentos do presídio da Suapi no bairro São Sebastião. Em primeira conversa sobre o assunto, Dr. Marcelo reiterou apoio à entidade no que for possível, porém vez algumas considerações relevantes para a execução penal.

Márcio Dias, Inácio de Souza, Clésio Santos, Dr. Marcelo Alexandre e capitão Sobrinho.

Clésio Santos e capitão Sobrinho informaram que buscam apoio na SEDESE, pois o imóvel está em via de ser adquirido e deverá ser adaptado para a finalidade que se propõe. Caso obtenha êxito e apoio das autoridades, a entidade pretende elaborar um projeto afim de conseguir apoio também da iniciativa privada e assim reformá-lo.

O objetivo de todo esse trabalho é oferecer maior quantidade de vagas no sistema prisional e melhorar a qualidade de vida dos detentos que hoje estão sob custódia do Estado.