COMTRAM define suas comissões e volta a discutir aplicativos

Os membros do COMTRAM – Conselho Municipal de Trânsito e Mobilidade Urbana, reuniram-se na quarta-feira, dia 10, na sede do Sindicomércio, para tratar assuntos diversos e definir a composição de suas comissões. O presidente Clésio de Oliveira Santos definiu a composição das comissões Técnica e Fiscal para o seu mandato.

Foram indicados pelo presidente Clésio a compor a Comissão Técnica, o tenente PM Paulo (titular); tenente PM Victorino (suplente), Anderson Helpes, Carlos Alberto – Divisão de Trânsito, Paulo Roberto – Celeste Viplam, taxistas Eduardo Alberto (titular), Geovane Moraes (suplente); representando a Federação de Bairros Edmilson Inácio de Souza (titular) e José Francisco (suplente).

Para a Comissão Fiscal, foram nomeados senhor Rubens (Associação de Bairro), Denise Sebastiana (Associação das Pessoas Portadoras de Deficiência), Gilmar Costa (Associação Comercial), Gilberto Freire (Imprensa), e Keilon Mazilão (Polícia Civil).

Outro assunto novamente abordado é quanto aos aplicativos de transporte pessoal que atuam na cidade. Clésio comentou que em outras cidades do país há motoristas parceiros de aplicativos cometendo crimes graves contra seus usuários. Dr. Cléber, delegado de Polícia, juntamente com o tenente Paulo da Polícia Militar, esclareceu que os motoristas que fazem uso de aplicativos são credenciados pela empresa proprietária de uma determinada bandeira que fazem um criterioso cadastramento, mas que não se tem como prever que este ou aquele condutor cometerá um crime. Dr. Cleber disse que a Prefeitura deve sim regulamentar a atividade no setor. Não entende porque para os taxistas existe regulamentação, e para os condutores de determinando aplicativo não teria. Vê a regulamentação dos aplicativos como uma iniciativa de igualar a disputa por passageiros.

O COMTRAM sinaliza com as frequentes reuniões que não ficará omissa no caso dos aplicativos, e deve propor ao prefeito Betinho nas próximas semanas a regulamentação da atividade.

Foto: Gilberto Freire