Dra. Kênia participa de palestra no Parlamento Jovem

Na sexta-feira, dia 27, o Parlamento Jovem da Câmara Municipal recebeu como palestrante a Delegada Regional de Polícia Civil de Barbacena, Dra. Kênia Aparecida de Oliveira Almeida, que proferiu comentários sobre a “Violência contra a Mulher”, tema do Parlamento para 2018.

Delegada há 21 anos, Dra. Kênia compartilhou sua experiência profissional com os participantes no combate à violência contra as mulheres. Durante a palestra a delegada esclareceu os tipos de violência que são cometidos contra as mulheres, os avanços jurídicos em relação aos meios de punição aos agressores, orientou como identificar a violência e como denunciar tais abusos, e discorreu sobre a Lei Maria da Penha (Lei nº 11.340/2006), que criou mecanismos para coibir e prevenir a violência doméstica e familiar contra a mulher, e a Lei do Feminicídio (Lei nº 13.104/2015) que surgiu para tipificar o crime de homicídio doloso contra a mulher, por condição do sexo feminino.

De acordo com dados apresentados pela delegada, a cada 15 segundos uma mulher é agredida no Brasil. Ela enfatizou ainda alguns casos já ocorridos, alertando que a violência pode estar em qualquer lugar, não importando a classe social, religião ou família, e que devemos ficar atentos a todos os sinais ao nosso redor para não negligenciarmos o ocorrido.

O objetivo do Programa Parlamento Jovem 2018 é fazer com que seus participantes pesquisem, reflitam, debatam e encaminhem propostas de lei ao poder público com o intuito de prevenir e atuar de forma eficaz na eliminação de todas as formas de violência contra a mulher, seja ela física, sexual, psicológica ou patrimonial.

Os crimes de violência contra a mulher atualmente estão em evidência, visível cada vez mais no cotidiano de todas as classes sociais, sendo de suma importância como medida de prevenção orientar e prevenir a comunidade a respeito.

Estamos buscando, através dos jovens, trabalhar uma educação preventiva na intenção de estimular entre eles a cultura da não violência em qualquer âmbito, ajudando na formação de cidadãos mais conscientes e multiplicadores das formas de prevenção para que esse ciclo de violência possa ter fim.

Fotos: Gilberto Freire