Em Juiz de Fora, Fernando Pimentel inaugura rodovia e Centro de Prevenção à Criminalidade

O governador Fernando Pimentel participou de duas inaugurações oficiais nessa segunda-feira (21/5), em Juiz de Fora, Território da Mata. A primeira foi a da rodovia AMG-3085, um trecho de 14 quilômetros, que liga o entroncamento da MG-353, em Coronel Pacheco, ao acesso à BR-040, em Juiz de Fora. A segunda inauguração, do Centro de Prevenção à Criminalidade (CPC), que será instalado na comunidade Vila Olavo Costa e vai abrigar os programas Fica Vivo! e Mediação de Conflitos.

A cerimônia de descerramento das placas de inauguração das duas obras foi realizada no Teatro Paschoal Carlos Magno, entregue pelo governo em março deste ano, depois de um impasse que durou mais de 30 anos. “São três conquistas, eu diria, que merecem a nossa comemoração”, afirmou o governador, em discurso.

Pimentel destacou o trabalho que vem sendo feito em Minas Gerais, mesmo em um cenário “quase aterrador” de crise política, econômica, institucional e social e as escolhas realizadas pelo governo.

“Aí, nessa crise terrível, nós estamos fazendo aquilo que o povo mineiro nos indicou fazer. Governar, todos nós sabemos disso, é fazer escolhas. Não tem jeito de fazer tudo, porque o dinheiro é curto e não dá para fazer tudo. E o que é fazer escolhas no nosso caso? Nós escolhemos fazer aquilo que é mais importante, mais prioritário, para melhorar a vida das pessoas. É simples assim”, afirmou o governador.

Fernando Pimentel também contestou a ideia de que obras grandes e luxuosas é que são as verdadeiras marcas de um governo.

“Não é o tamanho da entrega, mas a importância dela. É saber se ela é ou não prioritária para melhorar a qualidade de vida das pessoas. Eu canso de receber prefeitos que me pedem coisas pequenas, mas que são extremamente úteis. Há pouco tempo, um prefeito do Norte de Minas nos pediu para fazer 1,5 km de asfalto para ligar um distrito até a rodovia asfaltada. Por que ele precisava daquilo? Porque nesse distrito tem um frigorífico importante e, como a estrada era de terra, ele não conseguia exportar a sua produção. Pela regulação sanitária internacional, se você transportar por terra depois que a carne está processada, aquilo não pode ser exportado. Então com 1,5 km de asfalto nós transformamos um frigorífico da região em exportador de carne. E aí, claro, vai aumentar a renda, o emprego. Nós podíamos olhar e falar que não era nada, que 1,5 km não vale a pena. Mas vale muito a pena. Por isso é preciso ouvir as pessoas”, finalizou o governador.

+Asfalto

As obras na recém-inaugurada AMG-3085 tiveram investimento de R$ 67,5 milhões e vão beneficiar, diretamente, cerca de 800 mil pessoas. O novo trecho vai reduzir a distância e facilitar o acesso ao Aeroporto Regional da Zona da Mata.

Além de retirar o trânsito de veículos pesados do centro de Juiz de Fora, servirá de ligação entre o bairro Distrito Industrial e o Aeroporto Regional.  As obras foram iniciadas em 2013 e paralisadas um ano depois. Os serviços foram retomados durante o primeiro ano da gestão de Fernando Pimentel, e entregues à população no fim do ano passado.

Durante a cerimônia de inauguração do trecho, o governador Fernando Pimentel assinou despacho governamental que dá prioridade para início da obra de execução da interseção no entroncamento da BR-040 (Barreira do Trunfo) – João Ferreira, com a rodovia AMG-3085. A obra terá investimento de R$ 1,5 milhão.

A deputada federal Margarida Salomão citou a inauguração da estrada, do teatro Paschoal Carlos Magno e do CPC como conquistas importantes, mesmo com as dificuldades econômicas vividas por Minas Gerais.

“Essa estrada é um sonho da nossa cidade, uma obra que parecia obra de Igreja, pois não acabava nunca. Felizmente, o Governo de Minas Gerais não apenas concluiu, mas já trafegamos nela”, reconhece.

Desde 2015, o Governo de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Estado de Transportes de Obras Públicas (Setop) e do Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DEER-MG), já investiu R$ 2,4 bilhões em obras rodoviárias, incluindo pavimentação, melhoramento, manutenção e ampliação da capacidade de rodovias, pontes e viadutos em todo o Estado.

Até março de 2018 foram construídos e concluídos trechos de 574 quilômetros e realizados recapeamento e recuperação do asfalto em 833 quilômetros, além dos trabalhos de manutenção, o que representa mais de 27 mil quilômetros de rodovias pavimentadas e não pavimentadas.

+ Segurança

A solenidade também marcou a inauguração do Centro de Prevenção à Criminalidade, que atende a uma demanda antiga dos moradores da região. Para receber o CPC, o prédio do programa Fica Vivo! foi adaptado por meio de uma parceria com a Prefeitura de Juiz de Fora.

No mesmo local também já funciona um Centro de Referência em Assistência Social (CRAS). O Governo do Estado vai investir cerca de R$ 600 mil ao longo do ano para estruturação dos programas, além da adequação do espaço físico. Em 2017, nas áreas do estado onde o Fica Vivo! e o Mediação de Conflitos atuaram houve queda de 27% do número de homicídios de jovens.

O Fica Vivo! busca controlar e prevenir as ocorrências de homicídios em áreas vulneráveis e com maiores índices de criminalidade violenta em Minas Gerais, melhorando a vida da população. O programa faz atendimento psicossocial e encaminhamento para a rede de serviços públicos, além de oferecer cerca de 400 oficinas de esportes, arte e cultura.

Já o programa Mediação de Conflitos é implantado em locais com sociabilidade violenta e baixo acesso a direitos com foco na promoção de meios pacíficos de resolução de problemas. Cerca de 70% dos atendimentos são realizados para o público feminino, com forte atuação em temas como violência doméstica e familiar, reconhecimento de paternidade, processos de divórcio e separação, dentre outros. No ano passado, foram realizados 11.870 atendimentos em todo o Estado.

O deputado estadual Isauro Calais agradeceu ao governador por todos os benefícios entregues a Juiz de Fora e a zona da Mata. Ele disse que as obras trazidas vão transformar a região.

“A estrada que liga ao aeroporto é muito importante, pois carretas e caminhões, que estragavam casas do bairro Santa Teresinha já passam por fora. O Fica Vivo! Vai transformar vidas de crianças e adolescentes da cidade. A obra do teatro esperou por mais de 30 anos para ser concluída e agora está aí essa obra magnífica para servir à cultura e à população. Vai ficar na história da cultura e da arte de Juiz de Fora”, ressaltou.

Presenças

Também compareceram à cerimônia, os secretários de Estado de Transportes e Obras Públicas, Murilo Valadares; de Segurança Pública, Sérgio Menezes; e de Direitos Humanos, Participação Social e Cidadania em Exercício, Gabriel Rocha. O deputado federal Odair Cunha, o prefeito de Juiz de Fora, Antônio Almas, e de outras cidades da região, além de vereadores e lideranças locais.

 

Fotos: Omar Freire / Imprensa MG