Eunício defende diálogo para que aumento de combustíveis não onere o cidadão

O presidente do Senado, Eunício Oliveira, afirmou nesta quarta-feira (23), que está buscando uma negociação sobre o aumento dos combustíveis, incluindo o gás de cozinha, que não onere o cidadão brasileiro. Segundo ele, o entendimento deve englobar governadores, e os Poderes Executivo e Legislativo.

— Tratamos ontem com o ministro da Fazenda, estamos abertos para o diálogo para fazer qualquer entendimento que não permita mais o aumento de combustíveis em função do aumento do dólar ou de algumas circunstâncias. Temos que ter cuidado com o processo econômico, mas não podemos permitir abuso.

Em relação a mudanças nos impostos como solução para esse problema, Eunício lembrou que o ICMS é um imposto estadual e frisou que a discussão deve incluir o PIS e a Cofins. O presidente do Senado também declarou que é preciso buscar um entendimento sobre o processo de reoneração de alguns setores.

— Temos que encontrar o equilíbrio nessa questão premente para a população que precisa ter tranqüilidade com o seu direito de ir e vir.

Senado

Foto: Jane Araújo / Senado