Falta de coleta de lixo causa incômodo a moradores e comerciantes

O lixo produzido pela população durante o último final de semana causou um grande incômodo à população e também a comerciantes de vários pontos da cidade. O atraso na coleta e a produção constante de resíduos criou um volume difícil para a Secretaria de Obras e Serviços Públicos colocar em dia a coleta, que é toda ela levada para Juiz de Fora, após alguns dias sem a realização do serviço regular.
Estamos comentando do lixo do final de semana, que tem sua coleta feita na segunda-feira, mas como na terça-feira na cidade de Juiz de Fora foi feriado de Santo Antônio, a empresa que recebe os resíduos de Santos Dumont não abriu, causando um problema na logística da secretaria.
Na quarta-feira, foi reiniciado o processo de coleta normal, mas aí veio o feriado nacional de Corpus Christi e a empresa de Juiz de Fora voltou a fechar suas portas, e a secretaria teve muita dificuldade para lidar com essa situação. Pelo menos foi o que a população sentiu, já que a coleta não aconteceu a contento, com a cidade ficando com muito lixo acumulado pelas ruas. Foi possível ver durante a semana vários pontos com lixo incomodando a população, como na Avenida Presidente Getúlio Vargas, ruas Sérgio Neves, 15 de Fevereiro e várias outras.
Para piorar a situação os bag’s espalhados pelo centro comercial da cidade, muito utilizado por catadores de materiais recicláveis, agravavam o problema de poluição visual e ambiental.
Até o fechamento desta edição a Secretaria de Obras e Serviços Públicos ainda trabalhava para normalizar a coleta de lixo na cidade.