Poeira é incomodo no 4º Depósito

Passado o período chuvoso e o convívio com a lama, os moradores da Rua Radialista Jurandyl da Silva Borges, no bairro 4º Depósito, agora sofrem com a poeira. A rua ainda carece de benefícios básicos como iluminação pública, redes de água e esgoto, coleta de lixo e calçamento.

Em novembro de 2017 nossa reportagem relatou em sua edição do dia 17 de março, o sofrimento das senhoras Caroliny da Silva e Eleane Correa Damasceno, pois naquela época o problema era a lama. Nos dias de hoje a poeira toma o dia das donas de casa, que devido à circunstância passam o dia varrendo suas casas. Diante desta situação, a cobrança delas e da comunidade é a implantação dos serviços básicos inexistentes no local.

De março para cá a Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Obras e Serviços Públicos, apenas disponibilizou uma máquina motoniveladora de terraplanagem, que nivelou a rua. Mas os problemas relativos à poeira ficam insolúveis, uma vez que não há calçamento e nem perspectiva para a implantação do mesmo.

 

Moradores reclama da ausência de serviços públicos básicos.

Fotos: Gilberto Freire