Velório Municipal continua inoperante – Jornal Mensagem

Velório Municipal continua inoperante

Passado-se 19 meses de sua inauguração, ocorrida durante o último mês da gestão do prefeito Carlos Alberto Ramos de Faria (Bebeto), o Velório Municipal Prefeito “Dr. José Nogueira da Costa” encontra-se ainda fechado, servindo apenas para guardar motos de particulares.

Criado com o objetivo de dar uma maior comodidade às famílias enlutadas que velam seus entes queridos nas desconfortáveis salas de velórios do Hospital de Misericórdia de Santos Dumont, a Prefeitura criou na antiga sede do Templo da Associação de Estudos Bíblicos Testemunhas de Jeová o Velório Municipal, homenageando o ex-prefeito Dr. José Nogueira, que deixou um legado de realizações em nossa cidade. A inauguração ocorreu no dia 26 de dezembro de 2016, pouco antes do prefeito Bebeto Faria deixar o governo. O espaço é amplo, pode receber múltiplos velórios, possui sanitários e é bem ao lado do Cemitério Nossa Senhora Aparecida.

Já na atual administração, do prefeito Carlos Alberto de Azevedo (Betinho), todo o projeto para o atual prédio foi abandonado. Essa situação prejudica diretamente a população, que continua velando seus mortos no Hospital de Misericórdia, que atualmente não oferece as mesmas comodidades que o prédio do Velório Municipal Prefeito “Dr. José Nogueira da Costa” poderia oferecer.

Nossa reportagem procurou o secretário de Administração, José Geraldo de Almeida, que comentou o assunto e explicou as razões do Poder Executivo, comentando ainda o que será feito para o futuro.

José Geraldo

“É um prazer falar novamente ao Jornal Mensagem. Aquilo lá já está praticamente decidido e definido, sobre aquela casa mortuária, que é o Velório Municipal. O prefeito achou por bem não aproveitá-lo, devido ao estacionamento ser impraticável. Fizemos um pré-acordo com o Ministério Público e faremos um Velório Municipal lá no bairro Jaraguá. Inclusive o assunto está nas mãos do engenheiro da Prefeitura para elaborar o projeto. A Prefeitura vai elaborar o projeto e assim que o mesmo estiver pronto vamos nos reunir novamente e talvez terceirizamos esse necrotério.

Ali teremos três capelas mortuárias, estacionamento, três banheiros, restaurantes e por aí vai. Inclusive já foi feito até a terraplanagem e é essa meta que o prefeito definiu. Aquele necrotério do hospital está insuportável, já não aguenta mais. Então o Ministério Público quer que acabe com aquilo ali e passe pare o novo necrotério que atenderá totalmente a população. Eu concordo com o prefeito e não vejo aquele necrotério atendendo toda a população de Santos Dumont e com local para estacionar muito ruim”, afirmou José Geraldo, secretário municipal de Administração.

Destinação

O secretário não falou qual destinação a prefeitura pretende dar àquele prédio que foi devolvido ao município pela Associação de Estudos Bíblicos Testemunhas de Jeová.